Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue, sorri sempre!

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue, sorri sempre!

02.01.22

Esculpindo nas águas do Mar de Inverno


Maria Neves

Olhando o infinito azul do mar, Penso em cada passo que dei, Visto-me de sensações únicas p'ra contar, Sobre o trajeto que prolonguei. Esculpindo nas águas do Mar de Inverno,  Vou desenhando sobre as ondas batidas, Castelos de cinzas de um passado eterno, Vislumbrando no horizonte, lutas perdidas. Os trilhos da água têm um segredo, Onde a poesia desenha o seu rumo, Esculpindo nas águas do Mar de Inverno sem medo, Sobre a métrica flutuante de um prumo. Vivendo em pleno,  as (...)
30.12.21

Feliz 2022


Maria Neves

Feliz 2022 Mais um ano a chegar ao seu fim. "Como tudo na vida tem um fim..." Que  2022  tenha a  porta aberta para concretização dos nossos  sonhos. Traga mudança de paradigmas sociais e políticos,  culturais  e  representativos, e a sua renovação. Vida. Luz. O fim da Pandemia. Paz. Saude. Trabalho. Viagens. Que cada um de nós encontre o seu caminho, com mais calma e tranquilidade. Feliz 2022! Maria Neves
29.12.21

O melhor de 2021# Encantos da Pousada do Crato


Maria Neves

O melhor de 2021 Óscar - Então não queres ir aliviar o Stress por aí? Uma voltinha, só os dois. Amanhã por exemplo. Eu - Como! Estou de serviço! Por entre horários e roteiros, foi sempre assim. E finalizei cada viagem, cada curto passeio, com um Graças a Deus, foi mesmo bom. Apesar de nos encontrarmos em Pandemia, em segurança, vacinados, testados, e mascarados,  em 2021 fizemos a " limpeza cerebral, do Como? Quando? E  onde?" por  vários locais do nosso Portugal. A (...)
27.12.21

Na penumbra dos Alpes


Maria Neves

Na penumbra dos Alpes  Por entre curvas,  o comboio conduzia aos Alpes,Das janelas, os prados verdejavam,Só desejava chegar aos brancos enfeltes,Enquanto o sol e as sombras na carruagem se cruzavam. Pelo meio dia a Wengen cheguei,Por entre o casario alpino eu pensava,Entre o sonho e a realidade não há limite, comprovei,E às  terra da Heidi finalmente chegava. No cima da montanha a realidade são os Sentidos.Que na penumbra dos Alpes encontrei.Naquele  lençol branco deslizei,No (...)
25.12.21

Sempre Natal


Maria Neves

Será sempre Natal ... Naquele dia 25 de Dezembro de há 2021 anos,  nasceu Alguém, com o propósito de modificar  estruturas de pensamento no mundo, segundo o meu conceito Cristão, Jesus Cristo. Por  entre civilizações,  diferentes conceitos de vida,  de estar,  inerentes à evolução histórica,  a Época de Natal, foi derivando  também, para um consumismo  desenfreado,  às  vezes pouco interessante, e até desajustado. Sempre entendi, como o traspôr para a nossa (...)
23.12.21

Conto de Natal #O Guarda Rios Azul


Maria Neves

Conto de Natal # O Guarda Rios Azul Por entre a folhagem foi visto, No dia anterior pelos meus tios, Era um lindo passarinho Azul, Que se chamava, "Guarda rios." Fiquei horas sem fim à sua espera, Só para lhe oferecer uma filhó, Mas quem espera, desespera, Voltei para junto da avó. Pouco antes do sol se pôr, Fui novamente ao riacho, Para minha surpresa maior, Lá estava ele, mostrando o penacho. Era vaidoso, mas lindo de encantar, Aquela plumagem cheia de cor, Mas ele estava a (...)
22.12.21

Conto de Natal #O papel de lustro, sem Pinheiro


Maria Neves

Conto de Natal #O papel de lustro, sem Pinheiro  Como estava branca aquela manhã de 24 de Dezembro de 1976 O Pinheiro ainda estava no pinhal. O papel de lustro vermelho, verde e amarelo já estava cortado, em bolas, em estrelas, e em fitas de harmónio, à espera de fazer a diferença, para o ano anterior. Mas faltava o Pinheiro!... Estava tão perto e tão longe. Olhando à minha volta, parecia que a terra e o pinhal estavam embrulhados num lençol branco, que não voava com o (...)
19.12.21

Conto de Natal #O dia começou branco


Maria Neves

Conto  de Natal #O dia começou branco Foi numa manhã de Dezembro,  o dia acordou branco. Eu apressei- me a ir à janela do salão, para programar a nossa Tarde Inesquecível,  quando o sol derretesse o gelo. A azáfama era grande, os homens conversavam sobre a qualidade do azeite do ano corrente, por entre uns copos de aguardente para aquecer a alma, na pausa do trabalho, enquanto eu ouvia com muita atenção as fases da preparação da azeitona, antes de ir para o Lagar de azeite. Apó (...)
13.12.21

Óbidos, Vila e Natal


Maria Neves

Óbidos, Vila e Natal É tão bom sentir  um momento de magia na época de Natal. Não, não importa a idade, mas o sentir.  Óbidos é uma terra portuguesa, onde a cultura, a arte, o bem receber, e o semblante histórico se abraçam. Especialmente no Natal. Pelas ruelas em pleno domingo à noite, as lojas, livrarias e diversão, com respeito pela Pandemia, encontrei. Comprei livros, artesanato e bebi o bem estar de um fim de tarde e serão maravilhosos. No fim do brilhante das (...)
08.12.21

No Silêncio


Maria Neves

No silêncio me escuto, No silêncio me permito ser Eu, No silêncio planeio o que executo, No silêncio encontro um mundo só meu. No silêncio existe uma estrada, No silêncio ando só, sobre a neve, No silêncio faço a caminhada, No silêncio existe a paz que se conteve. No silêncio existe vida, No silêncio faço a minha aposta, No silêncio a existência é vivida, No silêncio eu tenho sempre resposta. No silêncio escrevo estas palavras: No silêncio pensadas, No silêncio (...)