Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue, sorri sempre!

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue, sorri sempre!

30.07.21

Lembranças de um Cacto


Maria Neves

CF2B220B-EA4C-4B58-B37E-871C06D8F58C.jpeg

Lembranças de um Cacto 

Moro numa zona privilegiada,
Sou verde,  e tenho esperança,
Tenho uma existência invejada,
Sou  um cacto, com lembrança.

Lembro no Inverno passado,
Todas as noites  fui visitado,
Todas as noites fui urinado,
Por um gatinho mal amado.

De repelentes a câmara de filmar,
Tudo colocaram para me defender,
Até que me cresceu um pico maior,
E, pus o infeliz uns dias a arder.

Ter que suportar o gato, e o vento sul,
A dona da casa  e a Pandemia,
Até arrancado da terra fui pelas entranhas,
Pelo gatinho que em cima de mim, xixi fazia.

Lembro o dia das brancas pedras,
Que colocaram em meu redor,
Foi o céu dos Cactos que ditou regras,
E me trouxe o seu melhor.

Agora cheio de vida,  e contente,
Tenho filhos lindos a crescer,
Vou dar de mim um Presente,
A quem de mim cuidou, para Eu viver.

Maria Neves

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.