Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue!

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue!

17.06.21

Mente entorpecida


Maria Neves

 

FDCF8C8F-D9A5-423A-A932-7512D0603BF1.jpeg

Mente entorpecida

Cada vez que pegas um livro,
E, cada página que folheias,
Os teus dedos deixam marca,
Na tua mente, novas ideias.

Quem não tem tempo para a leitura,
Uma forma de cultura e de ser,
Deixa os neurónicos à solta,
Eles precisam de acção,
Para o prazer de viver.

Quem a curiosidade não sente,
Em cada página guardada,
Será sempre uma alma pobre,
Feita de tudo e de nada.

Não te deixes levar por esta pobreza,
Que é a pobreza da mente e da alma,
Quem não lê,
Dificilmente tem a cura,
Do que a sua alma procura. 


Viver, pensando sempre o mesmo,  
Viver,  porque se tem vida,
Mas infelizmente terá,
Uma mente entorpecida.

Maria Neves

https://mluciadneves.blogs.sapo.pt/mente-entorpecida-36506