Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Um espaço, que descreve a minha atitude perante a vida. Viver com um sorriso, perspectivando um futuro melhor. Sorri sempre!

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Um espaço, que descreve a minha atitude perante a vida. Viver com um sorriso, perspectivando um futuro melhor. Sorri sempre!

22.06.21

O Canto dos pássaros no Mosteiro


Maria Neves

5A9E3962-CA59-462C-86EB-057DA1A1BE5D.jpeg

3578B222-37BA-458A-A29A-CC0E7932683B.jpeg

Alentejo 

Nos meus tempos de criança,

Ouvia o meu avô,  dizer então,

Alentejo,  além-Tejo,

Terra de sol quente, e de pão.

 

Quem não tinha sustento,

Quem pão na mesa não tinha,

Debaixo do sol em brasa,

Era para o Alentejo que vinha.

Apanhavam  o trigo para o pão,

Traziam o dinheiro da jornada,

Com muito suor e esforço,

Tinham a família governada.

 

Mas o homem não vive só do pão,

Na verdade o tempo mudou,

Precisa de força e alento,

E,  ao Alentejo voltou.

 

Aqui neste lugar,  que de verde se enche,

Não há gritos, não há nada que me perturbe a mente,

Só o canto  dos pássaros no Mosteiro,

O temor  pela vida, me desmente.

 

Maria Neves

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post