Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue!

Com um sorriso, chegas ao infinito.

Bem-vindo ao meu Blogue!

13.08.22

Elegia Dantesca


Maria Neves

Madrugada vermelha, O canto dos pássaros foi silenciado, O fogo na serra ao inferno se assemelha, Vento que ninguém ousa calar, sopra desvairado. Viajando no tempo, no mês de Agosto, A Cascata verde escoava, O sol quente, e uma brisa no rosto, A água pelo corpo refrescava. Hoje ao meio-dia o calor abafa, A montanha está a ser consumida, A cascata está seca, A Natureza à miséria resumida. O ser humano é culpado, A Natureza cansou, a catástrofes levará, Ele vive no seu mundo (...)
22.07.22

Doces e Verdes Árvores


Maria Neves

Dobramos aos ais, Sob a fúria do vento forte, Nos bosques e pinhais, Chega o braseiro do desnorte. Hoje sou verde e vibrante, Amanhã talvez, um tição na lareira, Enquanto me inclino ao sol da manhã, Nasci raiz, não sou uma guerreira. Vivemos no desassossego, Dia e noite em montes e vales,   Sempre envoltas no medo, Do inferno, nas mãos de todos os males. Somos o pulmão da terra, Sem árvores não haverá vida, Enquanto tudo fica cinza e morto, Chora-se a nossa partida. M (...)
19.07.21

Cascata seca


Maria Neves

  Cascata seca Ser alarmista não é do meu Ser, Não visionária, mas consciente, A destruição do planeta é inegável, Ninguém pode ficar indiferente. Tudo começou nas "queimadas"! Depois queimaram a sério, Agora a Natureza mostra o poder, E, vai moldando o império. O Ser humano não soube parar, A sua ambição andou léguas, Const (...)